RSS

Arquivo mensal: agosto 2019

COMPOSIÇÃO ESPECIAL FOI ATRAÇÃO EM ENCONTRO DE FERROMODELISMO DE SÃO CARLOS

A composição estacionada no pátio da estação de São Carlos atraiu grande número de visitantes

A composição estacionada no pátio da estação de São Carlos atraiu grande número de visitantes

A ABPF, mais uma vez em parceria com a Rumo Logística e com a CPTM esteve presente em um evento de ferromodelismo no interior do estado de São Paulo; dessa vez a composição especial, formada pela locomotiva C30-7A nº7202, o carro salão-bar PI-3102 e a automotriz CPTM nº1 teve como destino a estação de São Carlos, onde ocorre todos os anos um dos mais tradicionais encontros de ferromodelismo do país.

Toda a composição ficou estacionada no pátio da estação e permaneceu aberta à visitação durante todo o período de realização do evento, possibilitando o contato do público com a mesma, sendo para muitos a primeira oportunidade de subir e entrar na cabine de uma locomotiva diesel-elétrica, bem como entrar em um carro de passageiros e, conhecer uma automotriz, equipamento esse raro nas ferrovias brasileiras, tendo sido pouco utilizadas e apenas em trechos específicos. No caso das linhas da antiga Cia. Paulista de Estradas de Ferro, depois FEPASA e hoje Rumo Malha Norte, as automotrizes nunca foram utilizadas, sendo essa então a primeira vez que uma delas chega e permanece em São Carlos sendo, portanto, um fato inédito.

85784326-e256-48de-a036-766f583b2e2b

O interesse dos presentes em visitar a composição foi grande; filas se formaram durante todos os dias do evento.

O interesse dos presentes em visitar a composição foi grande; filas se formaram durante todos os dias do evento.

A locomotiva C30-7A nº7202 foi adquirida de um particular no ano passado sendo, portanto, um bem particular, de propriedade da associação, e foi reformada em parceria com a Rumo Logística, importante parceira na causa da preservação ferroviária. O carro PI-3102 foi doado pelo DNIT para a ABPF, que o resgatou e realizou toda a manutenção necessária para que o mesmo voltasse a ter plenas condições operacionais e de segurança. A automotriz por sua vez pertence a frota da CPTM e foi inteiramente recuperada pela companhia.

O evento foi um grande sucesso, e a composição foi a cereja do bolo: foi muito grande o número de visitantes nos dois dias de realização do evento, sendo o movimento constante, chegando a formar filas de interessados para tal visitação, sendo recebidos pela tripulação da ABPF, sempre disponível para esclarecer dúvidas, prestar informações e matar a curiosidade das pessoas, muitas delas tendo o primeiro contato com um “trem”.

A equipe responsável pelo translado da composição, sendo da esquerda para a direita: Bruno Scagliusi (ABPF), Adalberto Oliveira (CPTM), Danilo Souza (maquinista Rumo), Edibar (supervisor Rumo), (coordenador Rumo) e Beny Imkamp (ABPF)

A equipe responsável pelo translado da composição, sendo da esquerda para a direita: Bruno Scagliusi (ABPF), Adalberto Oliveira (CPTM), Danilo Souza (maquinista Rumo), Edvar (supervisor Rumo), Mattos (coordenador Rumo) e Beny Imkamp (ABPF)

A ABPF mais uma vez cumpre com a sua missão, que é promover o resgate e a conservação do patrimônio histórico ferroviário brasileiro, disponibilizando os bens à visitação pública, desde que a conservação dos mesmos não seja colocada em risco.

Juntamente com as parceiras, Rumo Logística e CPTM, mais uma vez firmamos o compromisso perante a sociedade no reconhecimento da ferrovia como instrumento de desenvolvimento e representação cultural, parte de nosso legado histórico e do desenvolvimento técnico e logístico, além de contribuir para a perpetuação da memória e da história nacionais.

Aproveitamos também para deixar nosso agradecimento a MRS Logística, também nossa parceria na preservação ferroviária e que mais uma vez gentilmente colaborou com o evento, dando apoio para o translado da composição no trajeto Guararema – Estudantes (Mogi das Cruzes).

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 6 de agosto de 2019 em Uncategorized