RSS

Arquivo mensal: novembro 2011

Restauração da Linha de São Sebastião do Rio Verde

A Bem Conservada Estação da Cidade

A cidade de São Sebastião do Rio Verde, uma simpatica cidade mineira de pouco mais de 2000 habitantes localizada a aproximademente 20km de São Lourenço (onde funciona o Trem das Águas) vem a anos lutando pela implantação de um trem a vapor na cidade.

No inicio do ano a cidade conseguiu com a Vale SA (antiga Vale do Rio Doce) a doação de 15.000 dormentes de madeira, para serem usados nos 20km de linha que ligam a cidade a São Lourenço. Apesar da grande quantidade, esta ainda não é o suficiente e a cidade já iniciou o trabalho para conseguir mais um lote de 15.000 dormentes, necessários para recuperação de toda via.

Além dos dormentes vai ser preciso recuperar o lastro e repor trilhos que foram roubados em alguns trechos.

Estoque de Dormentes

A estação de São Sebastião do Rio Verde esta localizada exatamente no KM 60 da ferrovia Minas & Rio (que se inicia em Cruzeiro-SP) e os 20km que a separam de São Lourenço (localizada no km 80) estão abandonados desde 1993, quando o ultimo trem da RFFSA circulou pelo trecho. Com todos esses anos de abandono os dormentes da via apodreceram e hoje infelizmente servem apenas como lenha (quando servem), sendo assim, para operação do trem é necessário que todos sejam substituídos.

Dormentes podres já removidos da via

Dormentes removidos, vista de outro ângulo

Com a chegada dos dormentes em Outubro foram iniciados os trabalhos de recuperação da via, trabalho este sendo realizado por duas equipes de via da ABPF, uma trabalhando em São Sebastião do Rio Verde e a outra em São Lourenço.

Via principal na plataforma já recuperada, olhando sentido Itanhandu (Cruzeiro)

A estimativa é que os trabalhos de recuperação do trecho levem em torno de um ano e meio e esperamos que em breve o Trem das Águas possa atender mais uma cidade.

Detalhe dos novos dormentes já instalados

Dormentes novos e antigos

Trecho da via já sem os dormentes velhos, pronto para receber novos dormentes

Contraste da via recuperada com a via ainda a recuperar

Vista do trecho no sentido Itanhandu (Cruzeiro)

Vista do patio da Estação, olhando no sentido São Lourenço

Caixa d'agua, olhando no sentido São Lourenço

Vista da estação e depósito, olhando sentido São Lourenço

Estoque de Dormentes

Anúncios
 

Tags: , , , , ,

Remoção das Rodas da Locomotiva 522

Com a caldeira removida, o próximo passo foi remover as rodas da locomotiva. Com esse trabalho concluído os rodeiros vão ser enviadas a uma empresa especializada que fará o reperfilamento dos frisos, enquanto isso a equipe da ABPF vai realizando o trabalho de recuperação do longeirão e demais peças que foram removidas da locomotiva.

Com o retorno das rodas, vai ser iniciado o longo trabalho de remontar a locomotiva.

Preparando o Longeirão para ser içado

Read the rest of this entry »

 
10 Comentários

Publicado por em 9 de novembro de 2011 em ABPF, Locomotiva 522, Oficinas de Cruzeiro, Restauração

 

Tags: , ,

Remoção da Caldeira da 522

Com os tubos já removidos o trabalho agora começa a se concentrar na parte mecânica da locomotiva, em especial rodas e suspensão. Para melhor avaliar e simplificar o trabalho nessa parte a caldeira da locomotiva é removida e com área livre a equipe pode melhor avaliar as condições dessa parte da locomotiva.

Para o trabalho de remoção da caldeira foram utilizados dois caminhões munck da BS Locações que gentilmente mais uma vez cedeu os caminhões e pessoal especializado para realização do trabalho.

Sem a caldeira também é possível avaliar a condição do chassi da locomotiva e procurar por trincas e falhas, que vão sendo corrigidas durante a reforma da locomotiva.

Inicio da remoção da caldeira

Read the rest of this entry »

 
5 Comentários

Publicado por em 1 de novembro de 2011 em ABPF, Locomotiva 522, Oficinas de Cruzeiro, Restauração

 

Tags: , ,