RSS

Recadastramento ABPF

A ABPF sempre em evolução e com foco na sua organização administrativa e na redução de custos, em breve fará ajustes nos seus arquivos e sistemas de informática, de forma a agilizar e modernizar os serviços aos sócios.

Desta forma iniciamos o recadastramento de sócios a fim atualizar nosso banco de dados.

Solicitamos a cada associado que preencha completamente o formulário abaixo, para que possamos atualizar nossos arquivos.

Também pedimos a todos que amam a ABPF e que a querem cada vez mais forte, que por favor assinalem (SIM) na pergunta sobre o recebimento da anuidade. Pois assim poderemos aumentar nossa arrecadação e continuar a crescer e manter nossos trabalhos.

RECADASTRAMENTO DA ABPF,
NÃO FIQUE FORA DESTE TREM!

Clique aqui e faça o seu recadastramento

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de março de 2015 em ABPF

 

Tags:

Carro Restaurante CR-41

Carro Restaurante CR-41

Em Janeiro a regional Sul de Minas recebeu o Carro Restaurante CR-41, que foi transferido da Regional de Campinas. Este carro é original da RMV (Rede Mineira de Viação) e provavelmente circulou pelas linhas do Sul de Minas.

Nos seus últimos anos ficou em Três Corações – MG, quando foi então cedido para a ABPF e levado para a VFCJ (Viação Férrea Campinas Jaguariúna), chegando lá em 19 de Janeiro de 1997. Este carro segundo consta, recebeu uma leve reforma ainda em Lavras – MG e seria cedido a um particular em Três Corações para ser usado como lanchonete estática. No final este particular não retirou o carro e a ABPF solicitou o mesmo, que acabou sendo cedido junto com um carro administração. Esta cessão foi em grande parte graças ao Eng. Murta que ajudou em muito a ABPF, ele era o engenheiro que cuidava da via permanente no ramal de Cruzeiro, .

Na ABPF – Campinas ele foi restaurado, onde recebeu a pia, sistema hidráulico e sistema elétrico, passou então a ser usado nos trens operados na ferrovia por algumas décadas.

No momento o carro esta guardado em São Lourenço, nas oficinas. Ainda não foi decidido como será usado nas operações do Trem das Águas, mas assim que tivermos uma definição, iremos anunciar aqui no site!

Além do carro, recebemos diversas fotografias de diversos colaboradores, que ajudam a ilustrar um pouco da trajetória desse carro, desde a RFFSA até São Lourenço. Abaixo reproduzimos as fotos:

O Carro chegando na VFCJ (Anhumas) e sendo descarregado

O Carro chegando na VFCJ (Anhumas) e sendo desembarcado da carreta

Sendo retirado da carreta

Sendo retirado da carreta

Já nos trilhos da VFCJ...

Nos trilhos da VFCJ…

Inicio dos trabalhos de restauração na VFCJ

Inicio dos trabalhos de restauração na VFCJ

Outra cena do processo de restauração, já em um estágio mais avançado

Outra cena do processo de restauração, já em um estágio mais avançado

Aspecto do interior do carro, atualmente

Aspecto do interior do carro, atualmente

O carro em Carlos Gomes recentemente

O carro em Carlos Gomes recentemente

Após sua longa trajetória na VFCJ, o carro foi então transferido para a ABPF – Sul de Minas, retornando as suas linhas originais, a seguir, algumas imagens da transferência:

O carro após embarque em Anhumas e pronto para seguir viagem para São Lourenço

O carro após embarque em Anhumas e pronto para seguir viagem para São Lourenço

Partindo de Anhumas para São Lourenço

Partindo de Anhumas para São Lourenço

Nas ruas de São Lourenço, se aproximando da estação

Nas ruas de São Lourenço, se aproximando da estação

Desembarque em São Lourenço

Desembarque em São Lourenço

E finalmente, o carro novamente nos trilhos do Sul de Minas

E finalmente, o carro novamente nos trilhos do Sul de Minas

É importante frisar o trabalho pioneiro da ABPF no inicio dos anos 80 em levar todo o material da RMV que foi possível resgatar para a VFCJ, trabalho que garantiu a preservação de todo este rico acervo. Sem este trabalho pioneiro, provavelmente hoje mal existiriam fotos do material rodante da RMV, quem dirá os bens em si.

Apesar de ser uma alegria para todos termos um carro original da Rede Mineira em São Lourenço, não existe previsão de re-alocar mais material rodante e nem intenção para que isto ocorra. O objetivo da ABPF sempre foi a formação de museus dinâmicos e para enriquecimento destes, é fundamental que se tenha exemplares das mais diversas ferrovias Brasileiras a disposição em cada museu.

Outro fato importante é que a ABPF apesar de ser dividida em regionais, trata o seu patrimônio como sendo de uma única entidade, a ABPF. Assim, os mais diversos materiais são alocados de uma regional para a outra conforme as necessidades de cada uma e o mais importante: considerando-se a integridade do material e onde ele vai ter as melhores condições de ser preservado.

O carro em questão foi transferido em comum acordo entre as regionais, a regional de Campinas precisa do espaço e já possui outros exemplares da RMV e no caso da regional Sul de Minas, não existe nenhum carro restaurante no acervo e apenas um carro RMV (que não se encontra em condições operacionais).

Mais uma vez agradecemos a Regional de Campinas pelo suporte e em especial ao Helio Gazetta, que cuidou pessoalmente da transferência do carro.

As fotos foram gentilmente cedidas por: Helio Gazetta Filho, Vanderlei Alves, Vanderlei Zago, Jorge Ciawlowski e Edelmo Dias de Freitas.

 

Tags: , , , , ,

Programação de Carnaval 2015

Para o carnaval de 2015 teremos diversas saídas extras do Trem da Serra da Mantiqueira e o Trem das Águas, que são listadas a seguir.

Avisando que estes são os horários previstos até o momento, dependendo da demanda novos horários podem ser adicionados.

Programação Trem das Águas (São Lourenço)

  • Sábado (14/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Domingo (15/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Segunda (16/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Terça (17/02/2015): partidas as 10:00hs
  • Dúvidas, mais informações ou reservas, ligar no (35) 3332 – 3011

Programação Trem da Serra da Mantiqueira (Passa Quatro)

  • Sábado (14/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Domingo (15/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Segunda (16/02/2015): partidas as 10:00hs e 14:30hs
  • Dúvidas, mais informações ou reservas, ligar no (35) 3371 – 2167

Abertura do Carnaval em Passa Quatro

Como já é tradição em Passa Quatro, este ano novamente a abertura do carnaval vai se feita com a chegada do Rei Momo e comitiva, que chegam em alto estilo de trem. Uma parceria entre a ABPF e a prefeitura Municipal de Passa Quatro.

Para 2015 já está confirmada a abertura oficial do carnaval com o Trem da Serra da Mantiqueira em uma viagem especial a ser realizada realizada no dia 14/02/2015. Lembrando que o trem especial de carnaval ocorre em um horário extra aberto apenas a convidados.

 
 

Tags: , ,

Arrecadação do Trem Solidário – Mais de 2 toneladas de Alimentos!

Parte da arrecadação, em uma das salas da estação aguardando transporte para o hospital.

Parte da arrecadação, em uma das salas da estação aguardando transporte para o hospital.

No ultimo dia 9 (conforme anunciamos) ocorreu o Trem Solidário em prol ao Hospital São Lourenço.

Primeiramente enviamos nosso agradecimento a todos que vieram prestigiar o evento e colaboraram! Muito obrigado!

O evento foi um grande sucesso e no total foram arrecadados:

  • 1.122kg de arroz
  • 687kg de açucar
  • 227 litros de óleo
  • 110,75 kg de café
  • 18kg de feijão
  • 1kg de macarrão
  • 1 lata de extrato tomate

Foram mais de 220 visitantes!

Abaixo algumas fotos do evento:

Participantes se preparando para embarcar!

Participantes se preparando para embarcar!

Parte dos produtos arrecadados

Parte dos produtos arrecadados

O óleo arrecadado!

O óleo arrecadado!

Mais uma vez, muito obrigado a todos!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de novembro de 2014 em ABPF, Eventos, Notícias, solidariedade, Trem das Águas, Turismo

 

Tags: , , , , , ,

Passeio de Trem Solidário em São Lourenço

Composição pronta na plataforma

Trem das Águas

Que tal passear no Trem das Águas e ainda colaborar com o Hospital São Lourenço? No dia 9/11, as 14:30hs ocorrerá um passeio de trem solidário.

Para participar, basta comparecer na estação de São Lourenço no dia 7/11 das 14:00 as 18:00 ou no dia do passeio (9/11) com um kit para a troca por um ingresso.

O kit que da direito a um ingresso é composto por 5kg de arroz, 3kg de açucar, 1 litro de óleo de cozinha, 1/2 kilo de pó de café.

Todos os alimentos arrecadados serão doados ao Hospital São Lourenço. Vale frisar que o valor do kit, representa aproximadamente 50% do valor normal da passagem.

Compareça e traga a família e amigos!

 
1 comentário

Publicado por em 6 de novembro de 2014 em ABPF, Notícias, São Lourenço, solidariedade, Trem das Águas, Turismo

 

Tags: , , , , , , ,

ABPF Boletim Julho 2014

Esta disponível para download a nova edição do ABPF Boletim: abpfboletim_julho2014

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de agosto de 2014 em ABPF, Boletim, Notícias

 

Tags: ,

Caixas de Mancais da Locomotiva 522

Já mostramos por aqui a montagem do sistema de suspensão da locomotiva 522, que pode ser visto neste artigo.

Como parte do sistema de tração da locomotiva, temos as caixas de mancais, que, como o nome diz, “abrigam” os mancais dos eixos das locomotivas. No caso das locomotivas a vapor do Brasil, elas não possuíam rolamentos, dessa forma, o contato do eixo com o “corpo” da locomotiva é feito através de um mancal.

As caixas tem diversas funcionalidades, sendo as principais:

  • Servem de “suporte” ao mancal propriamente dito
  • Servem de reservatório de óleo, que é usado para lubrificação dos mancais
  • Conectam o eixo da locomotiva ao “corpo” da mesma, mas de forma indireta, através do sistema de suspensão

No caso da locomotiva 522, como já era esperado estavam todas em péssimas condições, pois a locomotiva provavelmente foi usada até além do seu limite antes de ser cedida a ABPF.

Como mostramos anteriormente (no artigo que pode ser visto clicando-se aqui) foi feita uma limpeza inicial das caixas com o uso do maçarico durante a desmontagem da locomotiva.

 

Situação das caixas logo após remoção da locomotiva

Situação das caixas logo após remoção da locomotiva

 

Detalhe dos compartimentos de óleo

Detalhe do compartimento de óleo e apoios da cadeira

 

Uma das caixas, após uma limpeza inicial

Uma das caixas, após uma limpeza inicial

 

Após a limpeza, começou-se a recuperação da caixas. No primeiro passo, foram recuperadas as caixas danificadas:

Exemplo de caixa danificada, observe na parte superior que parte da lateral esta quebrada, inutilizando o reservatório de óleo

Exemplo de caixa danificada, observe na parte superior que parte da lateral esta quebrada, inutilizando o apoio da cadeira

 

Mecânicos criando gabarito para fazer o reparo da peça

Mecânicos criando gabarito para fazer o reparo da peça

 

Caixa após reparo realizado.

Caixa após reparo realizado.

Terminada a limpeza, constatou-se que os encaixes das cadeiras estavam muito danificados e alterados, então foi preciso recuperar os mesmos:

Aspecto dos reservatórios de óleo de uma das caixas.

Aspecto do encaixe das cadeiras em uma das caixas.

 

usinando os reservatórios

Usinando os encaixes

 

A caixa durante a usinagem

A caixa durante a usinagem

 

Reservatórios de óleo após usinagem

Encaixes já usinados

Com os encaixes prontos, as cadeiras passaram por ajustes e foram testadas:

Detalhe de uma das caixas e a cadeira.

Detalhe de uma das caixas e a cadeira.

 

Caixas e cadeiras em diversos estágios

Caixas e cadeiras em diversos estágios

Após o reparo das caixas, constatou-se que o reservatório de óleo para a cunha e a telha haviam sido inutilizados, provavelmente pela locomotiva 522 nos seus últimos anos ter ficado restrita a apenas serviços de manobras. Iniciou-se então o trabalho para se recuperar os reservatórios. Para tal, foi preciso fazer a nova furação para passagem do óleo e refazer as “torcidas” (enchimento) para controle da vazão do óleo. As torcidas são feitas com arame e lã de carneiro:

Nova furação para conectar os reservatórios a lateral da caixa

Nova furação para conectar os reservatórios à cubação da caixa

 

Detalhe da furação no encaixe das telhas

Detalhe da furação de lubrificação no encaixe das telhas

 

Mecânico preparando os enchimentos

Mecânico preparando as “torcidas”

 

Detalhe da caixa e as torcidas já instaladas.

Detalhe da caixa e as torcidas já instaladas.

A próxima etapa foi testar a vazão do óleo, onde é necessário verificar se o mesmo não está com, a vazão muito rápida ou muito lenta, para se ter certeza que toda a cubação, cunha, telha e principalmente o mancal serão lubrificados de forma apropriada:

Caixa já abastecida com óleo.

Caixa já abastecida com óleo.

 

As caixas abastecidas e já com a vazão de óleo sendo monitorada

As caixas abastecidas e já com a vazão de óleo sendo monitorada

 

Detalhe de uma das caixas durante os testes

Detalhe de uma das caixas durante os testes

 

Detalhe da vazão do óleo

Detalhe da vazão do óleo

Para ajudar os leitores a entenderem como funciona todo o sistema, abaixo mostramos uma foto do conjunto com uma caixa, cadeira e mola de suspensão:

Detalhe do conjunto de caixa, cadeira e mola de suspensão

Detalhe do conjunto de caixa, cadeira e mola de suspensão

 

Assim concluímos este relato sobre a recuperação das caixas. Nos próximos artigos, veremos mais detalhes sobre este sistema, o longeirão e montagem da locomotiva!

 

 
4 Comentários

Publicado por em 15 de julho de 2014 em ABPF, Locomotiva 522, Oficinas de Cruzeiro, Restauração

 

Tags: , , , , ,

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.830 outros seguidores