RSS

ABPF PRESERVA EQUIPAMENTOS EM LOCOMOTIVA E A HOMOLOGA PARA TRAFEGAR NA CPTM

16 maio

Visando adequar a locomotiva C30-7A nº 7202 para operação nas linhas da CPTM, foi necessário a instalação de sistemas de sinalização de bordo. Para isso, ao invés de instalar um equipamento novo, optamos por utilizar um antigo sistema de Cab Signal fabricado pela USS (Union Switch & Signal) na década de 1960, que exibia as condições da sinalização na cabine de controle para o maquinista.

Esse equipamento foi amplamente utilizado nas linhas da EFSJ até meados de 2007, quando deixou de ser utilizado pelas ferrovias. Para tornar isso possível, técnicos da ABPF desenvolveram um sistema de interface baseado em falha segura, que possibilita o equipamento funcionar no monitoramento e controle de velocidade da locomotiva, funcionando como A.T.C. – speed control, exigido para se operar atualmente.

Os equipamentos recuperados pela ABPF: Cab Signal à esquerda e o RT9 à direita.

O monitoramento da velocidade foi feito utilizando o cronotacógrafo RT9, fabricado na Suíça pela Hasler Bern, equipamento esse original da locomotiva e amplamente utilizado na época da Fepasa.

O sistema já foi verificado, testado e aprovado pela engenharia da CPTM e a locomotiva agora está homologada para circular pela malha da companhia.

Foram realizados três dias de testes, sendo o sistema exaustivamente testado conforme a seguir:

  • O primeiro na linha de testes para conferência do sistema e identificação das correções necessárias;
  • O segundo no trecho, da Lapa até Jundiaí;
  • O terceiro novamente na linha de testes para verificação final.

Concluídos todos os testes e comprovado o correto funcionamento do sistema, foi dada a homologação para a locomotiva.

Para além, durante o período de confecção do sistema, foram realizados vários testes afim de ir se verificando cada etapa da montagem, garantindo assim um produto final com o mínimo de correções a serem realizadas.

Interface do sistema montado na 7202.

Pela primeira vez os recursos oferecidos pelo cab signal e velocímetro RT9 foram totalmente utilizados, trazendo segurança, economia, e permitindo a preservação de equipamentos da década de 60 na operação ferroviária.

Nossos agradecimentos para Bruno Scagliusi, William Imkamp e Beny Imkamp, que conceberam e executaram a construção/instalação do sistema e realizaram a recuperação dos equipamentos e a CPTM pelo apoio e confiança, em especial nas pessoas do sr. Adalberto Oliveira e do sr. Maurício Trindade.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de maio de 2019 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: