RSS

Remoção dos Tubos da 522

17 out

Após o trabalho de remoção do superaquecedor foram iniciados os trabalhos para remoção dos tubos menores da caldeira da locomotiva 522, que vão ser todos substituídos.

Soltando os tubos

Continuando o trabalho de soltar os tubos

Parte dos tubos já removidos

Interior da caldeira, já sem parte dos tubos

Locomotiva "vomitando" os tubos

Aspecto do interior da caldeira

Sujeira removida do interior da caldeira

Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em 17 de outubro de 2011 em ABPF, Locomotiva 522, Oficinas de Cruzeiro, Restauração

 

Tags: , ,

4 Respostas para “Remoção dos Tubos da 522

  1. Julio Moraes

    17 de outubro de 2011 at 11:12

    Amigos, estou achando interessantíssimo este acompanhamento passo-a-passo da restauração da locomotiva 522. Desta forma, as pessoas que não conhecem uma locomotiva a vapor por dentro podem conhecê-la, e quem precisar efetuar uma restauração do gênero pode entender a metodologia de trabalho. Como a oficina da ABPF-Sul de Minas tornou-se uma referência nacional, essa divulgação assume um papel didático pioneiro no pais. Afora isso, comento que esta locomotiva era considerada como a maior, mais pesada e mais possante do lote que foi cedido pela RFFSA à ABPF nos seus primórdios, nos anos 1970-1980, e sempre atraiu a nossa atenção. Anseio pela oportunidade de ir ver o trabalho ao vivo, e mando meus parabéns por essa iniciativa de divulgá-lo desta forma. Julio Moraes.

     
    • bcsanches

      17 de outubro de 2011 at 11:19

      Obrigado Julio!

      A minha maior intenção com esse passo a passo é manter um registro de todo o trabalho e a evolução de todo material rodante.

      Se você abrir o link da tag da locomotiva 522, fica todo histórico dela: https://abpfsuldeminas.wordpress.com/category/locomotiva-522/

      Eu estou extremamente curioso para ver a 522 na serra de Passa Quatro, nunca rodamos uma locomotiva “pesada” na serra aqui, só as pacifics. Gostaria mesmo é de ver ela subindo de Cruzeiro ao Túnel, mas isso por enquanto deve demorar um bocado.

      Abraços

       
  2. joão luiz pires de carvalho

    26 de fevereiro de 2012 at 16:18

    o que falta para recuperar totalmente o trecho cruzeiro/soledade. desinteresse do ministério do turismo, ou da cultura, dos transportes, das prefeituras de cruzeiro e itanhandú, depois de recuperado a linha s s rio verde a soledade e passa quatro /tunel , falta muito para que possamos um dia viajar de trem de cruzeiro a são lourenço???
    parabens a abpf pelo magnifico trabalho .

    joão luiz pires de carvalho

     
    • bcsanches

      28 de fevereiro de 2012 at 9:48

      Falta interesse de todos esses e de mais alguns. As prefeituras é que definem o que consideram ser o ideal para elas e nem sempre o turismo ferroviário é prioridade para as prefeituras. Cabe a população cobrar das prefeituras o que é do interesse delas.

      Conectar Cruzeiro a São Lourenço é extremamente complexo, são 80km de ferrovia para se manter, que não é nada barato, não basta apenas reformar, após a reforma é preciso manter o trabalho constante de manutenção da ferrovia e a manutenção da via é um dos maiores custos de uma ferrovia.

      Além disso, fazer um trem de turismo de Cruzeiro a São Lourenço tem a questão do tempo, são pelo menos 4 horas de viagem, isso com uma via muito bem preparada para que o trem possa desenvolver uma certa velocidade. Mas uma viagem dessa precisa de uma estrutura maior, os passageiros precisam de um local para refeições. Se for com vapor, adicione pelo menos duas paradas para re-abastecimento e mais duas horas ao tempo. Uma viagem dessa levaria facilmente o dia todo, a passagem não seria barata e seriam poucos os interessados.

      Para realizar viagens curtas entre as cidades, como por exemplo, um trem trabalhando de tempos em tempos em cada localidade seria um pouco mais viável, mas ainda continuam os altos custos de manutenção da via e isso só seria viável com uma parceria entre todas as prefeituras.

      T+

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: